Eleições em Lisboa: CDS-PP

... assume a derrota, com "pena". Telmo demite-se do grupo parlamentar e coloca o lugar de vice-presidente à disposição de Portas, que aceita o sacrifício. Adicionalmente, vai "reflectir". Fica a ideia de culpas, mas com saída airosa prevista em Conselho Nacional. Já nem o taxi se apanha.